Sabores da Índia - Home

Manjericão Sagrado

 

Especiaria:   

Manjericão Sagrado

Planta:   

Manjericão Sagrado

Nome Botânico:   

Ocimum sanctum L.; Ocimum tenuiflorum

Género:   

Ocimum

Família:   

Lamiaceae ou Labiatae

Porte:   

Herbácea

Ciclo:   

Anual

Origem:   

O género Ocimum está amplamente representado na Europa, na Ásia, em África, e nas Américas Central e do Sul, sendo impossível saber hoje onde o género terá tido a sua génese

Distribuição:   

Largamente representado na Índia, sendo cultivado em casas, jardins e templos

Notas:   

O Manjericão Sagrado é, na Índia, consagrado ao deus Vishnu[a], e simboliza quer a sua esposa Lakshmi[b], quer as esposas dos seus 10 avatars (Dasavatara)[c].

[a] Vishnu
Deus que é uma das três formas de manifestação de Brahman, o Supremo Espírito, ou Poder, representando o seu lado conservador do Universo.
Na crença Hindu, Vishnu intervém no Universo descendo à terra, em diferentes incarnações, quando as forças do mal ameaçam sobreporem-se às forças do bem.
[b] Lakshmi
Uma da formas da Deusa Mãe, sendo Deusa da Sorte e da Fortuna, e esposa de Vishnu.
Está associada ao festival do Divali, como trazerdora de bençãos para o novo ano.
Muitas vezes designada, abreviadamente por Shri.
[c] Avatars e Dasavatara
Avatar ou Avatara é a incarnação de um ser imortal.
As palavras derivam do sânscrito Avatâr, que significa «descida» e implica uma descida deliberada ao reino dos mortais com propósitos especiais.
Dasavatara = 10 (dasa ou dasha em sânscrito) avatara.

Manjericão Sagrado

Dicionário

 Sabores da Índia - Home