Sabores da Índia - Home

Alperce

Hindu - Khoomani, Khubani

Fruto do Alperceiro, Alpercheiro, ou Damasqueiro, Prunus armeniaca L., família das Rosaceae, árvore de que são cultivadas diversas variedades.
O Alperceiro será nativo da China, onde o Imperador Yii o identificou, 2200 anos A.C., na sua obra Shang-kai-king.
Da China passou para a Índia e para o Cáucaso, mas Gregos e Romanos só o conheceram no princípio da era cristã.
Na Índia, medra nos Himalaias do noroeste, particularmente nos vales de Kashmir, Chenab e Kullu, e nas montanhas Simla até altitudes de 3000 m.
Cultiva-se também em todas as regiões do centro e sudoeste da Ásia, no sul da Europa, norte de África, e EUA.
La Quintine, criador do pomar de Versailles durante o reinado de Luís XIV, refere a sua cultura mas dá-lhe pouca importância, enquanto o tratado Le Jardinier François, “dédié aux femmes”, de 1755, detalha, em pormenor a forma de o cultivar e os cuidados a ter com ele.
Foi introduzido na Califórnia, no princípio do século XVIII, por missionários espanhóis, sendo, em 1879, já 11 as variedades cultivadas nos EUA, segundo os registos da American Pomological Society.
A. Beauvilliers, antigo oficial do Conde de Provença, depois agregado dos Extraordinários da Casa Real, e mais tarde restaurador na Rua de Richelieu, confeccionava, em 1816, na Grande Taverne de Londres, Beignets d'Abricots (a), uma delicadeza que ganhou fama na época.

(a) A receita original:
- Tomar 12 ou 15 Alperces não muito maduros;
- cortá-los ao meio e tirar-lhes os caroços e a pele;
- mariná-los, durante uma hora, em aguardente, temperada com um pouco de água e a pele de um Limão;
- escorrê-los bem;
- envolvê-los num polme para fritar;
- fritá-los até estarem cozidos e terem uma bela cor loura;
- escorrê-los bem e arranjá-los num tabuleiro, salpicando-os depois com açúcar fino;
- vidrá-los no forno.

Em Portugal, o Alperce dá por mais uma série de nomes: Alperche, Damasco, Albaricoque, Albercoque, Albicorque, Albocorque, Albicorce, Abricoque

Alperces depois de secos

 Sabores da Índia - Home























statistics in vBulletin