Sabores da Índia - Home

Uttar Pradesh - Lucknow

 

Lucknow é a capital do Estado de Uttar Pradesh.

Debruçada sobre o rio Gomati, na intersecção de numerosas estradas e vias férreas, é um importante centro de comércio de produtos agrícolas e pólo industrial.

Ganhou notoriedade em 1528, quando o Imperador Moghul Babur a ocupou. O seu neto, Akbar, integrou-a na então Província de Oudh. Todavia, o papel de capital dessa província viria a ser desempenhado por Faizabad, a leste de Lucknow, no rio Ghaghara, fundada em 1730 pelo primeiro nawab - vice-rei Moghul - de Oudh, Sadat 'Ali Khan. Shuja'-ud-Dawlah, o terceiro nawab de Oudh, depois de construir em Faizabad uma fortaleza, em 1764, e os mausoléus para si e para a sua esposa, decidiu, em 1775, eleger Lucknow para capital de Oudh e para lá se mudou.

Lucknow viria a ser ocupada pela Companhia das Índias Orientais inglesa, na sequência de um processo de anexação do território de Uttar Pradesh que começou no terceiro quarto do século XVIII e se arrastou por 75 anos.

Quando eclodiu o Motim Indiano, em 1857, Sir Henry Lawrence, o comissário inglês de Lucknow, e os habitantes europeus da cidade, ficaram aí cercados durante meses, até serem libertados por tropas britânicas. Abandonariam Lucknow, para voltarem no ano seguinte, depois de os ingleses terem recuperado o controlo da situação na Índia ocupada.

A cidade tem peças arquitectónicas notáveis, nomeadamente: o Rumi Darwaza - Portão Turco -, de 1784, construído à imagem do Bab-iHümayun - Portão Sublime - de Istambul; a Grande Imambara, também de 1784, ponto de reunião dos fiéis muçulmanos Xiitas durante o mês de Muharram; a Residency, de 1800, onde as tropas inglesas se defenderam durante o Motim Indiano de 1857; um Memorial aos Indianos mortos durante essa revolta, erigido em 1957.

Grande Imambara
Cortesia Sudheer Birodkar

Grande Imambara

 Sabores da Índia - Home