Sabores da Índia - Home

Uttar Pradesh - Agra

 

Cidade do Uttar Pradesh, numa posição estratégica sobre o Rio Yamuna(a), fundada, no princípio do séc. XVI, por Sikandar Lodi, penúltimo soberano da Dinastia Lodi, a última reinante no Sultanato de Delhi. Sikandar Lodi reinou entre 1489 e 1517, e fundou Agra no local anteriormente designado Sikandarabad.

Agra foi capital do Império Moghul durante alguns períodos, o que lhe valeu uma acumulação de património arquitectónico notável: o Taj Mahal, o Forte de Agra, a Moti Masjid – Mesquita das Pérolas -, de mármore branco, a Jami Masjid – Grande Mesquita -, o Jahangiri Mahal – Palácio de Jahangir -, etc. A norte, em Sikandra, está o túmulo de Akbar.

No fim do séc. XVIII, passou, sucessivamente, pelas mãos dos Jats, dos Marathas, dos Moghuls, e do soberano de Gwalior, acabando na posse dos ingleses, em 1803. Foi, entre 1833 e 1868, capital da inicialmente denominada Província de Agra, mais tarde chamada Província do Noroeste.

(a) O Yamuna, por vezes chamado Jamuna ou Jumna, é o principal tributário do Ganges. Nasce no Glaciar Yamunotri, a 6.387 m de altitude, nas encostas sudoeste dos Picos Banderpooch, nos Baixos Himalaias. Tem um curso de 1.376 km e garante 40 % da área de drenagem da bacia do Ganges. Desagua neste rio na Triveni Sangam, em Allahabad, local onde periodicamente tem lugar o Kumbha Mela.

O Yamuna visto do Taj Mahal, em Agra
Cortesia The World Factbook

O Yamuna visto do Taj Mahal, em Agra

 Sabores da Índia - Home