Sabores da Índia - Home

Tamil Nadu - Tiruvannamalai

Fotos Galeria

Tiruvannamalai, ou Tiruvanammalai, é uma cidade do Estado de Tamil Nadu, situada no sopé das Montanhas Annamalai, a 185 km da capital do estado, Chennai.

Nasceu e cresceu à volta do templo Annamalaiyar, uma magnífica peça arquitectónica começada durante a dinastia Hindu Pallava, que reinou na região entre o princípio do séc. IV e meados do séc. IX. Inscrições existentes no templo mostram que ele foi depois patrocinado, e melhorado, por várias dinastias de Impérios Hindus que se sucederam aos Pallavas: a Chola, entre 850 e 1280; a Hoysala, que teve Tiruvannamalai como sua capital no início de 1328; a Sangama, do Império Vijayanagar, de 1336 a 1485; a Saluva, idem, entre 1486 e 1491; a Tuluva, idem, entre 1491 e 1570, com realce para o seu mais importante soberano, Krishnadeva Raya (1509–1529). Todas as inscrições dão testemunho de melhoramentos no, e ofertas ao, templo, muito(a)s em comemoração de vitórias militares. No séc. XVII a cidade caiu nas mãos do nawab - vice-rei Moghul - do que hoje é Karnataka. Com o declínio do Império Moghul, o nawab perdeu o controlo da situação e, a partir de 1753, cidade e templo estiveram diversas vezes, e alternadamente, em mãos Hindus e muçulmanas. Seguiram-se os invasores europeus: os franceses, que ocuparam a cidade em 1757; os ingleses, que a tomaram em 1760. Depois, caiu nas mãos do Sultão de Tippu - novamente, o que hoje é Karnataka -, que a governou até 1799, e, na primeira metade do séc. XIX, acabou sob domínio da Companhia das Índias Orientais, assim ficando até à Independência da Índia, em 1947. Durante o domínio britânico o nome da cidade foi mudado para Trinomali.

O templo Annamalaiyar, que domina a cidade arquitectonicamente, tirou o seu nome das vizinhas montanhas Annamalai. Ocupa 10 hectares, e é um dos maiores da Índia. Tem quatro torres de entrada - gopurams -, sendo a mais imponente a oriental, que, com 11 andares e 66 m de altura, é uma das mais altas do país. Engloba diversos altares e átrios, o mais famoso dos quais é o 'átrio dos mil pilares', do tempo dos Vijayanagars. Dedicado a Shiva, é um dos Pancha Bhoota Stalas, cinco templos dedicados a Shiva em que ele se manifestou como um dos cinco elementos naturais: terra, água, ar, céu e fogo. No Annamalaiyar, Shiva ter-se-á manifestado como uma gigantesca coluna de fogo.

O templo e as vizinhas montanhas Annamalai são palco de um festival celebrado por altura da lua cheia do mês Tamil Karthikai - Novembro / Dezembro -, que inclui a deambulação de peregrinos em torno do templo e das montanhas Annamalai, e culmina com o Karthikai Deepam, cerimónia durante a qual é acesa uma gigantesca lamparina, num caldeiro com 3 ton de ghee posto no cimo delas. Inscrições confirmam que o festival vem do tempo dos Cholas (850–1280), datando do séc. XX a sua actual duração de 10 dias. A deambulação, denominada Girivalam, acontece também a cada lua cheia, percorrendo os peregrinos 14 km, ao longo dos quais se detêm para depositarem oferendas, e prestar culto, em tanques, altares, átrios de meditação, nascentes e caves. A caminhada serve para remover pecados, preencher desejos e ajudar à libertação do ciclo nascimento / renascimento. Os vários rituais congregam, anualmente, milhões de peregrinos.

Nos arredores de Tirvannamalai fica o Tirumalai, complexo de locais de culto Jain - 3 caves e 4 templos - onde se encontra uma imagem de Mahavira de pé, com 16 m de altura, a mais alta imagem Jain de Tamil Nadu.

Fotos Galeria

Rua de Tiruvannamalai
Cortesia Eduardo Novo

Rua de Tiruvannamalai
Imagem Ampliada


Mais fotos:
Vista geral
Gopuram
Gopuram leste
Estátua

 Sabores da Índia - Home