Sabores da Índia - Home

Rajasthan


Mapa - Rajasthan

Rajasthan é um estado do noroeste da Índia, limitado a noroeste pelo Paquistão, a norte e nordeste pelos Punjab, Haryana e Uttar Pradesh, a este e sueste por Madhya Pradesh, a sudoeste por Gujarat, e atravessado, no extremo sul, pelo Trópico de Câncer.

O nome significa 'casa dos Rajás'. Antes chamou-se - sob domínio inglês - Rajputana – 'terra dos Rajputs'.

A história do Rajasthan perde-se na noite dos tempos. Foi entre os séculos VII e XI que várias dinastias de Rajás dominaram a região. Com Bhoja I (836 - - 885), a região foi um extenso principado que depois se desagregou, dando lugar a vários principados governados por Rajás rivais.

Em 1192, Muhammad Ghuri, ao vencer um exército dos Rajás comandado por Prthviraja III, assegurou uma forte presença muçulmana no norte da Índia que viria a ser reforçada com o cerco às terras dos Rajás desencadeado com o avanço para sul das tropas muçulmanas.

Nos quatro séculos seguintes, o poder muçulmano sedeado em Delhi tentou, sem êxito, subjugar os Rajás. Estes, todavia, incapazes de se unirem, nunca conseguiram rechaçar definitivamente o inimigo.

No século XVI o poder dos Rajás alcançou o auge com Rana Sangram Singh, mas a sua derrota perante o invasor moghul Baber - ou Babur - ditou o fim dessa era.

No fim do século, o imperador moghul Akbar iniciou um misto de campanhas militares e manobras diplomáticas para resolver o problema dos Rajás. A par da guerra, conseguiu uma série de alianças com os Rajás da região arranjando casamentos entre a corte moghul e as cortes dos Rajás. A política de casamentos mistos continuou até ao início do século XVIII – os imperadores moghul Jahangir e Shah Jahan foram filhos de princesas vindas dos principados antes inimigos.

A morte do imperador moghul Aurangzeb, em 1707, marcou o início da decadência da aliança com os Rajás que viram, na sua maior parte, a reconhecer, em 1803, a soberania das dinastias Maratha do centro – oeste da Índia.

Quando, já perto do fim do século XIX, os ingleses dominaram os Marathas, aglomeraram os principados dos Rajás numa província chamada Rajputana.

Entre 1947 – data da independência da Índia - e 1949, deu-se uma progressiva unificação dos vários principados - Alwar, Bikaner, Jaipur, Jodhpur, Udaipur, Jaisalmer, Mewar, Bharatpur e Dholpur, etc. - num estado único – o Rajasthan - que viria a integrar a União Indiana em 1950.

É no Rajasthan que se encontra o famoso e espectacular Parque Nacional de Ranthambhore.

Área: 342.239 km2

Principais centros: Jaipur (a capital), Udaipur - onde, no Palácio da Cidade, estão uma estátua, e as armas, de Rana Pratap, herói do Rajasthan -, Jodhpur, Beawar

 Sabores da Índia - Home