Sabores da Índia - Home

Puducherry - Puducherry

 

Puducherry é a capital do território agregado da União Indiana Puducherry.

A cidade, enquadrada numa zona turística balneária, está dividida em duas partes por um canal, com todas as ruas principais correndo paralelas, e desaguando num ancoradouro marítimo que foi, outrora, considerado o melhor da Costa do Coromandel. A inexistência de um porto obriga os navios a lançarem âncora 2 a 3 km ao largo.

Alberga o retiro - ashram de um dos mais famosos filósofos do Hinduísmo, Sri Aurobindo Ghose (1872-1950), que começou como revolucionário, para depois abandonar a política, fixando-se em Puducherry quando esta era colónia de França. Após a sua morte, assumiu a direcção do ashram Mira Richard, uma francesa sua discípula. Há, ainda, Auroville, um aldeamento internacional, e centro de estudos, baptizado em sua honra.

Perto, o Forte de Wandiwash foi, em 22 de Janeiro de 1760, cenário de uma batalha entre franceses, comandados pelo Conde de Lally, e ingleses, liderados por Sir Eyre Coote. Foi a batalha decisiva na disputa anglo-francesa pelo domínio do sul da Índia, no âmbito da Guerra dos Sete Anos (1756-63). Deixado à sua sorte pela retirada da frota do Almirante d'Aché, que devia apoiá-lo, Lally foi vencido, tendo o seu melhor general, Marquês de Bussy, sido capturado. Confinados a Puducherry, os franceses viriam a render-se em 16 de Janeiro de 1761. Lally seria fuzilado, em Paris, após julgamento em que foi considerado culpado de abandono do dever.

A área circundante de Puducherry, que alberga cerca de 300 aldeias e lugares, é abundantemente irrigada por poços artesianos. As principais culturas são o arroz, a cana de açúcar, o algodão e o amendoim. Nas indústrias distinguem-se: a alimentar, a de aparelhagem eléctrica, a têxtil, a madeireira, e a do papel.

Praia perto de Puducherry

 Sabores da Índia - Home