Sabores da Índia - Home

Maharashtra - Jejuri

 

Jejuri é uma cidade do distrito de Pune famosa pelo seu Khandobachi Jejuri, um dos mais venerados templos de Maharashtra, dedicado à Deusa Khandoba, também chamada Mhalsakant, ou Malhari Martand.

Khandoba é a Deusa de Jejuri e a Deusa Guerreira dos Marathas. É representada com ar irado e guerreiro, montada num cavalo.

Para quebrar o ânimo dos locais, os ocupantes muçulmanos da Índia tentaram várias vezes destruir o templo, com uma última tentativa feita pelo Imperador Moghul Aurangzeb, em 1690. Foi impedido quando os seus soldados perturbaram um ninho de ferozes vespas asiáticas. O ataque dos insectos foi tão violento que o Imperador foi obrigado a retirar, poupando o templo. Diz-se que, para aplacar as vespas, o intolerante, mas temente a deus, Aurangzeb terá oferecido a Khandoba 125.000 moedas de prata.

Todavia, o Khandobachi Jejuri não escaparia ao destino de muitos outros templos da Índia, acabando transformado em mesquita pelos ocupantes. Daí serem identificáveis na sua estrutura elementos arquitectónicos Hindus e muçulmanos. Também facilmente identificáveis são o átrio - mandapa - e o santuário - gabhara -, local central de adoração, dois elementos chave típicos de muitos dos templos Hindus.

O templo seria devolvido ao culto de Khandoba pelo herói Maratha Shivali.

Vista do Khandobachi Jejuri
Cortesia Sudheer Birodkar
Vista do Khandobachi JejuriCortesia Sudheer Birodkar

Duas vistas do Khandobachi Jejuri

 Sabores da Índia - Home