Sabores da Índia - Home

Madhya Pradesh - Bharhut

 

Bharhut, também chamada Bardavati, Bardadoh, ou Bhaironpur, é uma localidade de Madhya Pradesh, que fica 190 km a sudoeste de Allahabad.

Ficou famosa com a descoberta, feita no fim de Novembro de 1873, pelo inglês Major General Alexander Cunningham, de uma stupa, estrutura de culto Budista erguida sobre relíquias sagradas.

A stupa terá sido construída no tempo do Ashoka, cerca de 250 A.C.. Foi originalmente feita em tijolo burro, e posteriormente rodeada, no século II A.C., por uma cerca de pedra com a face interior elaboradamente esculpida e quatro aberturas, correspondentes aos pontos cardiais. No século I A.C., nas quatro entradas foram postos pórticos de pedra - toranas - também profusamente esculpidos. Num deles, uma inscrição permite atribuir a adição ao rei Vatsiputra Dhanabhuti, da Dinastia Sunga, colocando-a numa data anterior a 72 A.C..

As esculturas narram episódios da história de Buddah, cenas da vida diária da época, elementos da mitologia Hindu, pessoas usando o tradicional dhoti Indiano - excepto uma que ostenta o uniforme do que se pensa ser um soldado Indo-Grego -, etc..

A parte central da stupa, de tijolo, que teria cerca de 20 m de diâmetro, foi progressivamente demolida pelos habitantes de Bharut. Como constataria Alexander Cunningham na sua segunda visita ao local, a Bharhut de então tinha mais de 200 casas, todas feitas com tijolos retirados da stupa. Cunningham tentou também seguir a pista do que poderia ser uma caixa de relíquias - dibiyâ - encontrada na stupa e entregue ao Rájá de Nâgod. Não teve sucesso.

Hoje, as antiguidades encontradas no local, e o que resta da stupa, estão preservados no Museu Indiano de Kolkata, e no Museu Municipal de Allahabad.

Estatueta de Boddhisattva Maiterya, uma representação da incarnação de Buddah, encontrada na stupa de Bharhut
Cortesia Sudheer Birodkar

Estatueta de Boddhisattva Maiterya, uma representação da incarnação de Buddah, encontrada na stupa de Bharhut

 Sabores da Índia - Home