Sabores da Índia - Home

Kerala - Thiruvananthapuram

 

Thiruvananthapuram, ou, em versão contraída, Trivandrum, é a capital do Estado de Kerala.

Está situada na planície costeira, zona que foi, no passado, alvo da cobiça de estrangeiros, ávidos pelo controlo do comércio de especiarias que lá acontecia.

A intromissão estrangeira começou com a chegada, em 1498, de Vasco da Gama a Kozhikode (Calicut), durante a sua primeira viagem à Índia.
Embora, no século seguinte, os portugueses tenham conseguido apoderar-se do comércio de especiarias local, anteriormente na mão de mercadores árabes, as suas ambições de domínio da região foram sempre contrariadas pelo Zamorin (Samorim) - soberano hereditário - de Calicut.
No século XVII, os holandeses expulsaram os portugueses, mas o soberano Indiano Raja Martanda Varma, subido ao trono de Venad em 1729, travou-lhes o ímpeto expansionista, derrotando-os na Batalha de Kolachel, em 1741.
Depois, adoptando tácticas e disciplina marciais semelhantes às dos europeus, deu início às expansão e consolidação do seu agora Reino de Travancore.
Em 1745, Raja Martanda Varma faria Thiruvananthapuram capital de Travancore.
Em 1806, o reino passaria à sujeição inglesa da British Madras Presidency; em 1947, com a independência da Índia, viria a integrar o estado Travancore-Cochin; em 1956, tornou-se parte do Estado de Kerala.

A cidade alberga um grande forte, envolvente de vários palácios e de um templo dedicado a Vishnu que atrai inúmeros peregrinos.

Culturalmente rica, tem museus, galerias de arte, jardim zoológico, é casa da Universidade de Kerala, e produz artesanato de qualidade.
Industrialmente, é notável pelo processamento de minérios, pela refinação de açúcar, e pelos têxteis.
Na agricultura destaca-se pelos cultivos do arroz e do coco.
Com um porto, tem na pesca costeira uma actividade também importante.

Campo de arroz perto de Thiruvananthapuram
Cortesia Galen Frysinger

Campo de arroz perto de Thiruvananthapuram

 Sabores da Índia - Home