Sabores da Índia - Home

Karnataka - Bangalore

 

Bangalore é hoje capital do Estado de Karnataka como já o fora, desde 1870, do Principado de Mysore.

A região de Mysore foi, desde Ashoka à dinastia Vijayanagar, objecto de disputa por vários soberanos, acabando, no princípio do séc. XVII, dominada pelos wadiars - soberanos – do Principado de Mysore. Posteriores lutas internas enfraqueceram o poder wadiar, que acabou por cair nas mãos do aventureiro Haidar 'Ali, em 1761. Sucedeu-lhe o filho, Tipu Sultan, que consolidou, e expandiu, o Principado, mas acabou por morrer em 1799, caindo a região, subsequentemente, sob tutela dos ocupantes ingleses da Índia. Estes promoveram o regresso do poder wadiar, mas, em 1831, entregaram o governo a um comissário de nacionalidade inglesa sedeado em Bangalore. Só em 1881 o poder – sempre tutelado pelos britânicos - foi devolvido aos wadiars, o último dos quais, já depois da independência da Índia, e após a reorganização territorial ocorrida entre 1953 e 1956, foi governador do Estado do Mysore. O nome mudaria para Estado de Karnataka, em 1973.

Bangalore fica a cerca de 1.000 m de altitude, tendo um clima ameno, com Invernos suaves e Verões toleráveis. Problema é a escassez de água, a que não é alheia uma fraca pluviosidade de somente 915 mm de chuva anuais

Composta pela compacta Bangalore velha, e arejados subúrbios com parques e ruas largas, é, geograficamente, ponto de encontro entre os falantes de Kannada – de Karnataka -, Telugu – de Andhra Pradesh -, e Tamil – de Tamil Nadu.

Importante nó rodo-ferroviário, tem diversas indústrias, universidades, variados institutos de investigação, etc..

A parte velha da cidade nasceu à volta de um forte de adobe, mandado construir, em 1537, por Kempe Gowda, soberano que, à data, dominava a região. Seria reconstruído em pedra, em 1761.

Dignos de nota são o Palácio do Maharaja de Mysore, o Lal Bagh, jardim botânico do séc. XVIII, o Museu Governamental, de 1866, e o Vidhana Saudha, edifício legislativo, de 1956.

Perto ficam o Lago Hesaraghatta, o Reservatório do Lago Chamaraja, e Nandi, ou Nandidrug, uma estância de montanha, 60 km a norte, com dois templos dedicados ao deus Shiva.

Rua da Bangalore velha
Cortesia Galen Frysinger

Rua da Bangalore velha

 Sabores da Índia - Home