Sabores da Índia - Home

Daman and Diu


Mapa - Daman and Diu

Território da costa ocidental da Índia, formado por duas porções geograficamente separadas: Daman (Damão), com 72 km2, um enclave na ponta sueste do Estado de Gujarat, no Golfo de Khambhat do Mar Arábico; Diu, uma ilha com 40 km2, ao largo da costa meridional da Península de Kathiawar do Estado de Gujarat, mais um pequena parte continental.

Daman fica numa costa plana de aluvião, com afloramentos de basalto que proporcionam algum relevo. É atravessado pelo rio Damanganga, ou Sandalcalo, que desagua no Mar Arábico.

Na foz fica a cidade de Daman. À volta dela, várias localidades, nomeadamente Bhenslore, Kunta, Bhimpor, Kadya, Varkund e Khariwar. Outros rios são os Coileque e Calem, e as elevações mais importantes são Bonta e Momburcui.

Diu fica no Golfo de Khambhat (Cambaia), no Mar Arábico, na ponta sul da Península de Kathiawar, no sueste do Gujarat, e compreende a ilha com o mesmo nome, mais uma pequena porção continental - os troços costeiros de Gogola e Simbor.

A ilha está separada da Península de Kathiawar por um estreito pantanoso e tem solo de areia, aluviões e terra pantanosa. Na ponta oriental da ilha fica a cidade de Diu, o mais importante porto do território, secundado por Brancavara, na ponta oposta. Espalhadas pela ilha, outras localidades, nomeadamente Nagora, Dagachi, Buchivara, Quiri e Malala. Os principais rios são os Chassy e Ventsozo.

A população de Daman e Diu é predominantemente Hindu, com pequenas minorias muçulmana e cristã, sendo um quinto da população de Daman tribal.

Tanto Daman como Diu estiveram sob ocupação portuguesa entre 1534-35 e 1961, ano em que o exército Indiano os devolveu à soberania Indiana. Hoje o território é administrado pelo Governador do Estado de Goa.

Durante a ocupação portuguesa, Daman foi um distrito autónomo de Diu, e agregava os enclaves de Dadra e Nagar Haveli.

Área: 112 km2

Principais centros: Daman, Diu

 Sabores da Índia - Home



statistics in vBulletin