Sabores da Índia - Home

Bihar - Patna

 

Antiga Pataliputra, Patna é a capital do Estado de Bihar, situada na margem sul do Ganges.

Pataliputra foi fundada no séc. V A.C. por Ajatasatru, rei de Magadha - hoje parte do actual Bihar -, e o seu filho Udaya, ou Udayin, fez dela capital do reino.

Com uma história atribulada, Paliputra foi saqueada, em 185 D.C., por Indo-Gregos e tornou-se, no séc. IV, capital do Império Hindu Gupta. Foi, sempre, um centro intelectual da velha Índia, até que entrou em declínio, e foi abandonada no séc. VII.

Foi refundada, já como Patna, em 1541, por um governador afegão, e conheceu nova época de prestígio com o Império Moghul.

Em 1666, nasceu em Patna Gobind Rai, que viria a ser o Guru Gobind Singh Ji, 10º, e último, dos Gurus Sikhs humanos.

A cidade passaria, em 1765, para as mãos dos ocupantes ingleses da Índia, situação que só terminaria em 1947 com a independência do país. Rajendra Prasad, importante figura do movimento de libertação da Índia, e eleito 1º Presidente da Índia livre, nasceu no distrito de Saran, a noroeste de Patna.

A oeste da velha Patna fica o núcleo chamado Bankipur e, mais para sudoeste estende-se a parte nova, com avenidas largas, parques e edifícios modernos.

Edifícios históricos são a Mesquita de Husayn Shah, construída em 1499, um Templo Sikh associado ao Guru Gobing Singh Ji, e o Golghar, celeiro erguido, em 1786, no Bankipur.

Não muito longe fica o Santuário de Vida Selvagem de Hazaribag, constituído em 1955. Com cerca de 200 km2, está numa zona densamente florestada, e alberga tigres, leopardos, ursos, javalis, hienas, etc..

Gobind Singh Ji
Cortesia Sudheer Birodkar

Gobind Singh Ji, último dos Gurus Sikhs humanos nasceu em Patna e tem nela um templo que lhe é associado

 Sabores da Índia - Home