Sabores da Índia - Home

Andaman and Nicobar Islands - Ross Island

 

Em 1788, a Companhia das Índias Orientais encarregou o tenente Archibald Blair de encontrar um local para onde pudessem ser enviados condenados em regime de trabalho forçado.

Blair escolheu um local, na Andaman Meridional, a que chamou Port Cornwallis – hoje Port Blair -, em homenagem ao Comodoro Cornwallis, irmão do então Governador Geral da Companhia. Aí foi instalada, em 1789, uma colónia penal.

Encerrada 7 anos depois, a colónia foi reactivada em 1858, data da chegada do Dr. James Pattison Walker, a bordo da fragata 'Semiramis' da Companhia das Índias Orientais, servindo para encarcerar Indianos que lutavam pela libertação do domínio inglês.

Walker escolheu a Ilha de Ross, uma pequena ilha que guarda a entrada do porto de Port Blair, para estabelecer o seu quartel general e inúmeras estruturas coloniais de apoio e lazer.

Hoje, para além de um pequeno destacamento da Marinha Indiana, a ilha é habitada por veados, que vagueiam entre as ruínas do esplendor colonial inglês e vestígios de estruturas militares da 2ª Grande Guerra.

Ruínas de um "bunker" Japonês da 2ª Grande Guerra, na Ilha de Ross
Cortesia Galen Frysinger

Ruínas de um "bunker" Japonês da 2ª Grande Guerra, na Ilha de Ross

 Sabores da Índia - Home