Sabores da Índia - Home

Kanara

 

Kanara, ou Canara, compreende três distritos costeiros de Karnataka - Dakshina Kannada, Udupi e Uttara Kannada -, mais um de Kerala - Kasaragod .

É a parte sul da costa do Konkan, caracterizando-se por palmares ondulantes e torrentes rápidas, que descem dos Gates Ocidentais para o Mar Arábico. Mede, de norte a sul, cerca de 300 km.

Produz arroz, cana de açúcar, coco, pimenta, e tem teca e pau-preto.

A região é palco do yaksagana uma forma do 'teatro total' da Índia própria de Kanada, que representa histórias da mitologia, romances medievais, acontecimentos sociais e políticos, empregando, com abundância, musica, dança, coro, tambores, máscaras e caracterização exuberante. Um alfobre de costumes, lendas, crenças e rituais.

A principal cidade é Mangalore, na confluência dos rios Netravati e Gurpur. Ancoradouro precioso para o comércio que se fazia a partir do Golfo Pérsico no século XIV, foi ocupada pelos portugueses em meados do século XVI. Em 1763, com Haidar Ali, sultão muçulmano, tornou-se um estaleiro de construção naval estratégico, vindo a ser entregue aos ingleses, em 1799, após vários cercos. No século XIX, tornou-se, com a alemão Basel Mission, um importante centro de produção e tecelagem de algodão.

Estátua de Shiva-Maheshwara no Templo Hoysaleshwara, em Karnataka
Cortesia Sudheer Birodkar

Estátua de Shiva-Maheshwara no Templo Hoysaleshwara, em Karnataka

 Sabores da Índia - Home