Sabores da Índia - Home

População

População

1.129.866.154 (Julho 2007 est.)

Estrutura Etária

0-14 anos: 31,8% (homens 188.208.196/mulheres 171.356.024)
15-64 anos: 63,1% (homens 366.977.821/mulheres 346.034.565)
65 anos e mais: 5,1% (homens 27.258.259/mulheres 30.031.289) (2007 est.)

Idade Média

total: 24,8 anos
homens: 24,5 anos
mulheres: 25,2 anos (2007 est.)

Crescimento Populacional

1,606% (2007 est.)

Taxa de Natalidade

22,69 nascimentos/1.000 habitantes (2007 est.)

Taxa de Mortalidade

6,58 deaths/1.000 habitantes (2007 est.)

Taxa de Migração Líquida

-0,05 migrante(s)/1.000 habitantes (2007 est.)

Relação de Sexos

ao nascer: 1,12 homens/mulher
abaixo dos 15 anos: 1,098 homens/mulher
15-64 anos: 1,061 homens/mulher
65 anos e mais: 0,908 homens/mulher
total da população: 1,064 homens/mulher (2007 est.)

Taxa de Mortalidade Infantil

total: 34,61 mortes/1.000 nados vivos
homens: 39,42 mortes/1.000 nados vivos
mulheres: 29,23 mortes/1.000 nados vivos (2007 est.)

Esperança Média de Vida

total da população: 68,59 anos
homens: 66,28 anos
mulheres: 71,17 anos (2007 est.)

Taxa Total de Fertilidade

2,81 crianças nascidas/mulher (2007 est.)

Grupos Étnicos

Indo-Arianos 72%, Dravidianos 25%, Mongolóides e outros 3% (2000)

Religiões

Hindus 80.5%, Muçulmanos 13.4%, Cristãos 2.3%, Sikhs 1.9%, outros 1.8%, não especificados 0.1% (censo de 2001)

Línguas

o Inglês tem estatuto de língua associada e é a língua mais importante na comunicação nacional, política e comercial; o Hindi é a língua nacional, e a primeira língua de 41% da população; mais 14 línguas oficiais: Bengali (8,1%), Telugu (7,2%), Marathi (7%), Tamil (5,9%), Urdu (5%), Gujarati (4,5%), Malayalam (3,2%), Kannada (3,7%), Oriya (3,2%), Punjabi (2,8%), Assamese (1,3%), Kashmiri, Sindhi, e Sânscrito; o Hindustani é uma variante popular das línguas Hindi/Urdu falada largamente em todo o norte da Índia, mas não é uma língua oficial.

As línguas usadas na Índia pertencem, fundamentalmente, a quarto famílias linguísticas distintas: as Austro-Asiáticas, as Tibeto-Chinesas, as Dravidianas, e as Indo-Europeias
As Austro-Asiáticas, as mais antigas, estão hoje confinadas a algumas tribos aborígenes do Assam e da Índia Central. Não têm expressão escrita.
As Tibeto-Chinesas, apenas usadas por tribos isoladas do Assam e das encostas dos Himalaias.
As Dravidianas, que se acredita terem entrado pelo noroeste da Índia, em tempos pré-históricos, e que se espalharam pelo país, substituindo as primitivas línguas Austro-Asiáticas, foram, por seu turno, vencidas pelo avanço das línguas Indo-Europeias. Estão hoje confinadas ao sul da Península, e a algumas tribos das regiões acidentadas da Índia central. Já estavam espalhadas pelo Sul da Índia, quando a escrita começou, e, sendo a folha de palmeira o material de escrita local, foram usadas letras de forma circular, que não separavam as fibras da folha, ao contrário do que aconteceria se fossem usadas letras de linhas direitas. O Tamil, o Telegu e o Malayalam são línguas Dravidianas.
As Indo-Europeias entraram na Índia, sob a forma de Sânscrito, por volta de 1500 AC. O Sânscrito foi rapidamente normalizado por gramáticos, tornando-se impraticável como língua falada, embora continuasse, e continue, com o estatuto de linguagem clássica. As línguas faladas evoluíram, a partir do Sânscrito, para o Pali - a linguagem das escrituras Budistas - e o Prakrit, e vieram a transformar-se nas modernas línguas provinciais faladas em todo o norte da Índia. Destas, a mais importante é o Hindi (Hindu), a língua nacional da Índia. São ainda língua Indo-Europeias o Bengali, o Marathi, o Gujarati, o Urdu , o Assamese, o Oriya, o Punjabi, o Sindhi, e o Rajasthani.
O Urdu, muito falado nas cidades do norte da Índia - e língua oficial do Paquistão -, teve origem nos tempos do domínio muçulmano na Índia, sendo uma combinação de palavras árabes e persas com a gramática e o simples vocabulário Hindi. O Urdu escreve-se com caracteres arábicos modificados.

Para além das línguas base, muitos outros dialectos são praticados localmente (Concani, ou Konkani, por exemplo, na região de Goa).

População Activa por Sectores Económicos

agricultura: 60%
indústria: 12%
serviços: 28% (2003)

Literacia

definição: pessoas com mais que 15 anos que conseguem ler e falar
total da população: 61%
homens: 73.4%
mulheres: 47.8% (censo de 2001)

 
 

Cortesia Sumit Bhagra

 Sabores da Índia - Home