Sabores da Índia - Home

História - As Origens

Aparentemente, a primeira etnia com presença significativa na Índia terá sido a dos Dravidianos, uma raça de pele escura e baixa estatura, altamente civilizada.

Na década de 1920 foram descobertos restos de duas grandes cidades, Mohenjo-daro e Harappa, ambas no Paquistão de hoje, a primeira na província de Sindh, a segunda na província do Punjab, que terão sido por eles construídas junto às margens de então do rio Indus.

A verdadeira origem dos Dravidianos é um mistério. Provavelmente seriam descendentes de cruzamentos entre povos da região do Mediterrâneo e da presente Arménia.

Começaram por se fixar no noroeste da Índia por volta de 3500 A.C., tendo seguido uma rota de migração que lhes proporcionou um prolongado contacto com os povos dos Montes Urais, tão grandes são as semelhanças entre a língua Dravidiana e a língua daquela região.

Entre a sua chegada e 1500 A.C. foram-se espalhando por toda a Índia.

A sua presença no noroeste da Índia, contemporaneamente com os Arianos, é provada pelas marcas da língua Dravidiana deixadas no Rigveda, o mais antigo trabalho literário Indo-Ariano.

Descendentes dos Dravidianos habitam, ainda hoje, nas selvas e montanhas, e são a base da população da província de Madras, sobretudo nas áreas rurais.

 
 

Cortesia Sumit Bhagra

 Sabores da Índia - Home