Sabores da Índia - Home

Bebidas

  Receitas 

Na Índia, as bebidas mais consumidas são as não alcoólicas, não obstante existirem vinhos Indianos, como o Chhabri - branco -, e o Anarkali - tinto - , produzidos numa vinha de altitude - 750 m -, no Vale de Sahyadri, para o interior de Bombaim, e até espumantes, como o Omar Khayam.

Na Índia rural, existem também bebidas alcoólicas, fermentadas dos mostos de produtos locais, como o Toddy - feito de mosto da seiva de várias palmeiras - , e destiladas, como o Arrak - obtido destilando o Toddy. São produtos essencialmente regionais, irreproduzíveis no ocidente, fundamentalmente por falta das matérias primas que lhes servem de base. Por isso, para as provar, há que ter a sorte de as encontrar em qualquer loja que comercialize produtos orientais.

Em Goa, há duas especialidade locais, a Cajuchi Feni, bebida obtida de um mosto de polpa do fruto do cajueiro, e a Madachi Feni, produzida a partir da seiva do coqueiro.

No capítulo das bebidas sem álcool, entre as de maior consumo, conta-se o chá, bebido simples, fervido com leite e especiarias, ou gelado, São muitos, na Índia, os vendedores de chá que a qualquer hora, mesmo da noite, animam as gares das estações de comboios com o seu pregão - Chai ! Chai !. Servem-no, muitas vezes, em canecas de cerâmica que, uma vez usadas, são atiradas para a linha.

Populares são também o café, os sumos de frutas, simples ou misturados com água lisa ou gasosa, os sharbats, bebidas baseadas em iogurte como a lassi, e outras mais exóticas: em Goa, por exemplo, é vulgar acompanhar as refeições com o Solun chi Khadi, ou simplesmente Sol Khadi, feito com leite de coco, aromatizado com alho, piripiri verde, e coentro, e ligado com extracto de brindoeiro.

 Sabores da Índia - Home