Sabores da Índia Home

Cerefólio

 

Especiaria:   

Cerefólio

Nome da Planta:   

Cerefólio

Nome Botânico:   

Anthriscus cerefolium [L.] Hoffm.

Género:   

Anthriscus

Família:   

Umbelliferae ou Apiaceae

Porte:   

Herbácea

Ciclo:   

Anual

Origem:   

Os especialistas dividem-se entre o sul da Europa e a região Caucasiana

Distribuição:   

Hoje o seu cultivo está espalhado por todas as regiões da Europa com clima propício, tendo para isso largamente contribuído a publicação do Capitulare de villis de Carlos Magno.
Tanto quanto sabemos, não existe na Índia.

Partes Usadas:   

 Folhas e rebentos

Porque perdem muito do seu sabor com uma cozedura prolongada, são normalmente usados frescos, finamente picados. Empregam-se imediatamente antes de servir, para aromatizar pratos frios, e cozinhados saídos do lume.
Os franceses, que chamam aos rebentos pluches, são quem mais usa o Cerefólio na cozinha, a começar nas fines herbes. Mas, por exemplo, no sul da Alemanha, é costume comer sopa aromatizada com Cerefólio na Gründonnerstag - Quinta-feira de Lava Pés, a quinta-feira que antecede a Páscoa. Também os austríacos da região de Carinthia, na fronteira com a Itália, que tem do país vizinho o hábito de comer pastas, não o dispensam no seu Kärntner Kasnudeln - basicamente massa tipo ravioli recheada com uma mistura de batata cozida, queijo fresco e ervas várias, entre elas o Cerefólio, servida, com uns pingos de manteiga derretida, como snack ou jantar ligeiro.

Propriedades:   

É moderadamente diurético e depurativo, e a medicina popular usa-o como hipotensor

Notas:   

Tem no Cerefólio Bravo, ou Salsa de Burro, Anthriscus Silvestris [L.] Hoffman, um parente próximo. É planta sem qualquer uso culinário, e até perigosa se ingerida. Abunda em sítios húmidos e frescos da Europa, partes norte e centro de Portugal incluídas.

Cerefólio

Dicionário

Sabores da Índia Home