Sabores da Índia Home

Pimenta da Água

 

Especiaria:   

Pimenta da Água

Nome da Planta:   

Pimenta da Água

Nome Botânico:   

Polygonum hydropiper Linn.; Persicaria hydropiper (L.) Spach

Género:   

Petroselinum

Família:   

Polygonaceae

Porte:   

Herbácea

Ciclo:   

Vivaz

Origem:   

Zonas temperadas e tropicais húmidas da Eurásia, do Norte de África e da América do Norte

Distribuição:   

Espontânea nas suas regiões de origem. Na Índia encontra-se nas zonas húmidas de todo o país. Entre nós, aparece nas valas, zonas de águas paradas e terrenos húmidos.

Partes Usadas:   

 Folhas

Não têm cheiro, mas possuem um sabor que se desenvolve do ligeiramente amargo ao picante.
Excepção feita ao Japão, onde são largamente usadas para temperar sopas e saladas, o seu uso é essencialmente local. Por exemplo, nos meios rurais de França são usadas como tempero de algumas preparações culinárias.

 Sementes

Sem cheiro, são extremamente picantes.
Inexplicavelmente, o seu uso é essencialmente local, e ocasional.
Por exemplo, na Alemanha foram usadas, imediatamente após a 2ª Grande Guerra, para substituir a nessa época rara pimenta preta.

Propriedades:   

É adstringente, hemostática, diurética e antiflogística.

Notas:   

A espécie Polygonum hydropiper Linn. subdividiu-se em duas subespécies: a ssp. hydropiper, das regiões temperadas, maior, e a ssp. microcarpum, das zonas tropicais, mais pequena.
Na região do Annam, na Indochina, vegeta uma espécie vizinha, a Polygonum odoratum. De sabor acre, e muito picante, os autóctones usam-na para temperar pratos diversos de carne e peixe.

Extremidade florida de Pimenta da Água

Dicionário

Sabores da Índia Home