Sabores da Índia - Home

Chá

 

Especiaria:   

Chá

Nome da Planta:   

Chá

Nome Botânico:   

Camellia sinensis (Linn.) O. Kuntze.;Thea sinensis L.
Camellia sinensis sinensis L.
Camellia sinensis assamica L.

Género:   

Camellia

Família:   

Theaceae

Porte:   

Arbusto a árvore

Ciclo:   

Vivaz

Origem:   

Sul da China e Estado de Assam, na Índia

Distribuição:   

Hoje existe, obviamente, nas regiões de origem, mas, por acção do homem, espalhou-se por sítios tão diversos como África, América do Sul, Irão, Geórgia, Sri Lanka, Austrália.
Em Portugal, no Continente, foram feitas plantações sem continuidade, na Madeira existiu uma plantação que foi abandonada, nos Açores, das várias plantações que existiram na Ilha de S. Miguel, chegou uma aos nossos dias. Ver História do Chá.
Na Índia é cultivado em Assam,Darjeeling, Travancore - em Kerala -, montanhas Nilgiris,costa do Malabar, Bengala, Dehra Dun - no noroeste de Uttar Pradesh -, e no Kumaon.

Partes Usadas:   

 Folhas

Usam-se, principalmente, as folhas de duas variedades da planta, Camellia sinensis sinensis - predominante na China -, e Camellia sinensis assamica - predominante na Índia -, sendo as folhas da primeira variedade mais pequenas. Usam-se também as folhas de alguns híbridos entretanto criados.
As folhas são processadas de várias maneiras, dando origem a três qualidades básicas de chá: preto, verde, semi-fermentado.
Usam-se postas de infusão, em água prestes a levantar fervura.

Propriedades:   

O Chá é diurético, adstringente, e estimulante. Resultados de investigações feitas com Chá Verde da China sugerem que este poderá ter efeito inibidor em factores geradores de cancro. Investigações desenvolvidas com Chá Verde do Japão terão revelado que ele é inibidor de tóxicos hepáticos.

Tipos:   

  • Chá Preto (fermentado)
    De longe o tipo de Chá mais produzido. Resulta melhor feito da variedade de Assam, ou de plantas híbridas.
    A folha em infusão fica vermelha brilhante, ou cor de cobre, e o líquido é vermelho vivo, algo adstringente mas não amargo, com o aroma característico do chá.
    A sua produção envolve, genericamente, as seguintes etapas:
    • Desidratação Parcial - destinada a retirar da folha parte do líquido que lhe confere rigidez e firmeza, permitindo que a operação subsequente - a rolagem - se faça sem lhe causar danos.
    • Rolagem - destinada a quebrar, por enrolamento da folha, as membranas das suas células, permitindo a exposição ao ar de componentes essenciais às qualidades do Chá
    • Fermentação - destinada a permitir que as leveduras presentes na folha, na presença de ar, produzam transformações químicas que se traduzem em alterações do aroma e da cor. E é a cor da folha que serve, aos especialistas, de "termómetro" para parar a fermentação: uma folha muito verde (pouco fermentada) dá uma infusão com sabor de frutos verdes; uma folha de cor "morta" dá uma infusão sem, ou com pouco, sabor.
    • Secagem - destinada a parar a fermentação, e a eliminar a água residual da folha.
    • Crivagem - destinada a garantir um produto de tamanho uniforme.
    • Embalagem
  • Chá Oolong e Chá Pouchong (semi-fermentado)
    Os Chás Oolong e Pouchong são produzidos na Formosa e no sul da China. São especialmente apreciados nos Estados Unidos.
    O líquido da infusão é verde pálido ou amarelado, com um sabor único, fumado.
    A produção destes tipos de Chá compreende, basicamente, os seguintes passos:
    • Desidratação Parcial - destinada a retirar da folha parte do líquido que lhe confere rigidez e firmeza, permitindo que a operação subsequente - a rolagem - se faça sem lhe causar danos. Mais curta que para o Chá Preto.
    • Rolagem - destinada a quebrar, por enrolamento da folha, as membranas das suas células, permitindo a exposição ao ar de componentes essenciais às qualidades do Chá. Desenvolve-se até que a folha desprenda um ligeiro aroma e fique avermelhada.
    • Fermentação - destinada a permitir que as leveduras presentes na folha, na presença de ar, produzam transformações químicas que se traduzem em alterações do aroma e da cor. Curta, neste tipo de Chás - 1/2 fermentação para os Oolong, 1/4 fermentação para os Pouchong, em relação ao Chá Preto.
    • Escaldão - submissão curta a alta temperatura, para parar, parcialmente, a fermentação.
    • Segunda Rolagem
    • Segundo Escaldão - submissão curta a alta temperatura, para parar, totalmente, a fermentação.
    • Secagem
    • Crivagem - para obtenção de um produto uniforme.
    • Embalagem
  • Chá Verde (não fermentado)
    O Chá Verde do mercado é, praticamente, só o produzido na China. Porque, embora o Japão, a Formosa, e parte do norte da Índia, produzam Chá Verde, fazem-no, essencialmente, para consumo interno.
    A folha em infusão fica verde, e o líquido é verde pálido ou amarelo limão, com sabor ligeiramente amargo.
    A produção deste tipo de Chá envolve, basicamente, as seguintes operações:
    • Escaldão - submissão, durante alguns minutos, a alta temperatura, para "matar" as leveduras que iriam produzir a fermentação.
    • Rolagem - destinada a quebrar, por enrolamento da folha, as membranas das suas células, permitindo a exposição ao ar de componentes essenciais às qualidades do Chá.
    • Secagem - destinada a eliminar a água residual da folha.
      A Rolagem e a Secagem são repetidas várias vezes.
    • Crivagem - para garantir um produto de tamanho uniforme.
    • Embalagem
  • Chá PerfumadoMuito popular na China. A adição do 'perfume' faz-se, para o Chá Verde, através da mistura de flores (jasmim, rosa, etc.) frescas (3%), após a operação de secagem, com as folhas ainda quentes, e, para o Chá Preto, através da mistura de flores secas pulverizadas, durante a operação de secagem.
    É conhecido pelo seu nome chinês, e / ou pelo nome inglês, reflectindo, em qualquer dos casos, o nome da flor que perfuma o chá: jasmim, rosa, flor de laranjeira, magnólia, etc..
  • Chá Instantâneo (em pó)
    Embora conhecido, e mantido secreto, no Japão, desde tempos recuados, só fez a sua aparição nos mercados cerca de 1959, primeiro na Suíça, sem grande sucesso, depois nos Estados Unidos, onde imediatamente ganhou inúmeros adeptos - os americanos nunca gostaram de perder muito tempo com os pequenos prazeres que a vida tem.
    É obtido por desidratação, ou vaporização no vazio, de uma infusão normal de Chá, conseguindo-se um fino pó, solúvel em água.
  • Classificação:   

    Para facilitar a vida aos consumidores, os produtores esforçam-se por classificar os Chás que aparecem no mercado. Não é tarefa fácil. Basta notar, por exemplo, que uma classificação precisa dos Chás Pretos Chineses, tentada por um especialista, Torgasheff, envolvia, "só", 64 categorias.Ficam aqui, porém, algumas indicações que podem ser úteis.

  • Chá Preto
    Uns são identificados pelo país / continente de origem. Exemplos: China, Ceilão (Sri Lanka), Índia, Japão, Indonésia, África.
    Outros, pela região específica de produção. Exemplos: Assam,Darjeeling, Nilgiris, da Índia; Uva e Dimbula, do Sri Lanka; Keemun, de Chi-men, na província Chinesa de Anhwei; Enshu, do Japão.
    Normalmente, têm também uma indicação sobre a natureza das folhas que contêm, variando essa indicação com a proveniência:
    • Índia e Ceilão (Sri Lanka)
      • Chás de Folhas Inteiras
        • Orange Pekoe, O.P. - folhas jovens e bem enroladas, com uma certa proporção de 'golden tips', as pontas finas dos rebentos, de cor amarelo-dourada, ou laranja.
        • Flowery Orange Pekoe, F.O.P. - folhas particularmente finas, e uma maior percentagem de 'golden tips' superior à dos Orange Pekoe.
        • Pekoe, P. - folhas mais curtas, e menos finas, praticamente sem 'golden tips'.
        • Pekoe Souchong, P.S. - folhas ainda mais curtas, e menos finas, que as do anterior.
        • Souchong, S. - folhas encarquilhadas, ou na forma de pequenas bolas.
      • Chás de Folhas Partidas, ou Broken
        • Broken Orange Pekoe, B.O.P. - folhas partidas, mas nunca planas, devendo comportar bastantes 'golden tips', e ter grande regularidade de aspecto.
        • Broken Pekoe, B.P. - folhas menos finas, sem 'golden tips'.
        • Broken Tea, B.T. - pedaços de folhas, planos, formados durante a fabricação.
      • Fannings, F. - pedaços de folhas, planos, mais pequenos que os do Broken Tea.
      • Dust - poeira fina de folhas, resultante da quebra de folhas durante a fabricação, mas isenta de qualquer corpo estranho.

    • China
      • Pekoe - como os Pekoe acima descritos, envolvendo diversas variedades, entre as quais:
        • Flowery Pekoe - como os Flowery Pekoe acima descritos.
        • Orange Pekoe - idem.
        • White Pekoe - como os Orange Pekoe, mas apresentando os rebentos uma tonalidade branca.
      • Souchong - como os Souchong acima descritos, com múltiplas variedades, de que se distingue a:
        • Lapsang Souchong - sabor peculiar, outrora muito apreciado, sobretudo em França.
      • Congous - o grosso das exportações, com múltiplas sub-categorias repartidas entre:
        • Monings - Coungus de folha preta, entre os quais os:
          • Keemouns
        • Kaisons - Cougus de folhas ruivas.
      • Bohea - chás de categoria inferior.

  • Chá Oolong e Chá Pouchong
    Normalmente identificados pela origem. Exemplos: 'da Formosa', 'de Foo Chow', 'de Amoy'.
    Classificados com oito termos ingleses, que precisam a qualidade do chá. Do melhor, para o pior:
    • Choicest
    • Choice
    • Finest
    • Fine
    • Superior
    • Good
    • Fair
    • Common

  • Chá Verde
    Classificados de acordo com o tipo de folhas que contêm:
    • Gunpowder (Pólvora para Canhão), Choo-cha, Pearl Tea - folhas muito jovens, cuidadosamente seleccionadas, e enroladas em bolas muito pequenas, ou pérolas, muito compactas. Daí o nome. O nome chinês Choo-cha (Chá Pérola) dá também boa ideia do seu aspecto. Ver Imagem.
      Muito perfumados, produzem uma infusão de um belo verde dourado.
    • Young Hyson - muito raros, folhas pequenas, muito delicadas, colhidas em rebento, e enroladas com extremo cuidado.
    • Hyson - folhas da primeira colheita a seguir à feita para os Young Hyson, tamanho regular, bem enroladas, tom dourado.
    • Imperial - como os Gunpowder, mas feitos de folhas mais velhas, logo maiores.

    Chá Preto

    Dicionário

    História

     Sabores da Índia - Home