Sabores da Índia - Home

Mostarda Branca

 

Especiaria:   

Mostarda Branca

Planta:   

Mostarda Branca

Nome Botânico:   

Brassica alba (L.) Boiss.; Sinapis alba L.

Género:   

Brassica

Família:   

Brassicaceae ou Cruciferae

Porte:   

Herbácea

Ciclo:   

Anual

Origem:   

Região Mediterrânica

Distribuição:   

Hoje cultivada em vários pontos do globo, nomeadamente nas planícies do Canadá e dos Estados Unidos, na Hungria e na Inglaterra. Na Índia cultiva-se no norte do país. Em Portugal encontra-se, espontânea, em searas, vinhas, caminhos e muros dos centro e sul do Continente, e é esporadicamente cultivada.

Partes Usadas:   

 Sementes secas

Não têm expressão na cozinha da Índia. No Ocidente usam-se principalmente para a produção de mostarda de mesa, mais raramente como adjuvantes de conservação em 'pickles' de vegetais.
O sabor ardente que caracteriza a mostarda de mesa só acontece graças a uma reacção enzimática que gera um óleo de sabor acre, reacção essa que só ocorre quando o interior das sementes é exposto e misturado com água.
Para preparar uma mostarda de mesa rápida, e muito pungente, basta misturar sementes de Mostarda esmagadas, ou reduzidas a pó, com água tépida - se muito fria, inibe a enzima presente nas sementes, se muito quente destrói-a; a temperatura certa é 30-40° C, sendo certo que acima dos 45° C a enzima é desactivada.
Uma vez feita a mistura, basta aguardar cerca de 1 hora para que o pleno do sabor ardente se desenvolva.

 Folhas frescas

As folhas tenras podem ser usadas em saladas, e consumidas como vegetal, quer simplesmente cozidas, quer incorporadas em cozinhados vegetarianos.

Mostarda Branca - Sementes secas

Dicionário

 Sabores da Índia - Home