Sabores da Índia - Home

Alcaçuz

 

Especiaria:   

Alcaçuz

Nome da Planta:   

Alcaçuz

Nome Botânico:   

Glycyrrhiza glabra Linn.

Género:   

Glycyrrhiza

Família:   

Fabaceae ou Papilionaceae

Porte:   

Arbusto

Ciclo:   

Vivaz

Origem:   

China segundo uns, Região Mediterrânica segundo outros

Distribuição:   

Região à volta do Mediterrâneo onde, nalguns locais, é cultivado. Cultivado também em partes dos Estados Unidos, da China, da Índia, etc..
Em Portugal, é espontâneo nos terrenos arenosos e cultivados do Continente.
Na Índia cultiva-se nos estados de Punjab, Jammu e Kashmir, e também no sul do país.

Partes Usadas:   

 Raiz

Extraem-se-lhe os princípios activos secando-a, esmagando-a, ou pulverizando-a, e fervendo-a depois em água. O extracto obtido é concentrado e evaporado, sendo a seguir moldado em ‘paus’, semi-maleáveis a duros, quase vítreos, muito escuros, solúveis em água.
O processo descrito é uma indústria em vários países da orla do Mediterrâneo.
Os ‘paus’ são a base de pastilhas tradicionais do norte da Europa - Lakritz, na Alemanha, etc. – e da Escandinávia - Salmiakki, na Finlândia, etc. -, e servem para aromatizar bebidas, xaropes, medicamentos, etc..Os princípios activos da raiz são a glycyrrhizina - 4% -, cerca de 50 vezes mais doce que a sacarose, o principal constituinte do açúcar de cana, a liquiritina, e alguns aromáticos – cetonas e coumarinas. Do conjunto resulta um sabor quente, doce, mas também ligeiramente amargo, com traços de anis ou funcho.
Na Índia a raiz é usada essencialmente na medicina tradicional Ayurvédica, com as múltiplas designações Yashtimadhu, Madhuyashtyaahvaa, Madhuli, Madhuyashtikaa, Atirasaa, Madhurasaa, Madhuka, Yastikaahva, Yashtyaahva, Yashti, Yashtika, Yashtimadhuka.

Propriedades:   

Os princípios activos da raiz são reconhecidamente peitorais, nomeadamente béquicos e expectorantes, justificando os favores das medicinas tradicionais, que usam a planta no tratamento de afecções respiratórias desde, pelo menos, a civilização do antigo Egipto. São também antiflogísticos, com incidência especial em inflamações do estômago e do duodeno.
todas as propriedades acima são reconhecidas pelo The British Herbal Compendium e pela Indian Herbal Pharmacopoeia

Notas:   

O nome do componente doce da raiz - Glycyrrhizina -, bem como o nome do género da planta - Glycyrrhiza – derivam do grego ‘glykyrrhiza’, que significa ‘raiz doce’.
Duas espécies vizinhas, Glycyrrhiza uralensis e Glycyrrhiza echinata, vegetam mais a orientes, nomeadamente na China e no Japão.

Raiz de Alcaçuz seca

Dicionário

 Sabores da Índia - Home