Sabores da Índia - Home

Grãos do Paraíso

 

Especiaria:   

Grãos do Paraíso

Nome da Planta:   

Pimenteira dos Negros

Nome Botânico:   

Amomum melegueta Rosc; Aframomum melegueta [Roskoe] K. Schum.; Amomum grana paradisi

Género:   

Amomum

Família:   

Zingiberaceae

Porte:   

Herbácea

Ciclo:   

Vivaz

Origem:   

Costa ocidental da África, da Serra Leoa ao Benin - a antiga Costa da Malagueta, ou Costa da Pimenta

Distribuição:   

Confinada à região de origem, com maior abundância no Gana.
Na Índia é cultivada como ornamental, em jardins.

Partes Usadas:   

 Sementes

As sementes estão contidas em frutos de pericarpo consistente, carnudo, vermelho. Têm tamanho semelhante às do cardamomo e cor castanha avermelhada. Apresentam sabor especioso, quente e picante, algo amargo.
Usam-se secas, como sucedâneo da pimenta - embora menos potentes que ela -, mas também - mastigadas - para aquecer o corpo em dias frios.
O seu uso é sobretudo local, embora marquem presença em cozinhas do norte de África, nomeadamente as de Marrocos e da Tunísia.
No Ocidente, os Grãos do Paraíso são praticamente ignorados, apesar da importância que outrora tiveram na Europa.

Propriedades:   

As sementes são estimulantes, cordiais e digestivas

Notas:   

Os Grãos do Paraíso, que pertencem ao grupo das 'especiarias africanas', foram importantes na Europa no século XV, quando as especiarias orientais eram extremamente caras e a rota marítima para a Índia era ainda desconhecida.
A especiaria chegava ao norte de África trazida por caravanas que atravessavam o Tombuctu e o Sahara. Aí, era recolhida por mercadores italianos que a faziam chegar à Europa.
Era, então, usada como medicamento e sucedânea da pimenta.
Mais tarde, quando substituída pela pimenta graças ao embaratecimento desta, manteve algum valor como aromatizante da cerveja. Depois, a sua importância foi decaindo inexoravelmente até aos dias de hoje.
Os navegadores Portugueses chegaram a trazê-la para Portugal, mas o comércio foi reprimido, para não baixar o valor comercial da pimenta verdadeira.
Na Costa Ocidental da África vegeta uma espécie vizinha, a Aframomum citratum, cujas sementes podem ser usadas como os Grãos do Paraíso.

Grãos do Paraíso

Dicionário

 Sabores da Índia - Home