Sabores da Índia - Home

Moringueiro

 

Especiaria:   

Moringueiro

Nome da Planta:   

Moringueiro

Nome Botânico:   

Moringa pterygosperma Gaertn.; Moringa oleifera Lam.

Género:   

Moringa

Família:   

Moringaceae

Porte:   

Árvore

Ciclo:   

Vivaz

Origem:   

Sopé dos Himalaias, no noroeste da Índia

Distribuição:   

Hoje o Moringueiro é largamente cultivado na Índia, em África, Américas Central e do Sul, Sri Lanka, México, Malásia, Indonésia e Filipinas

Partes Usadas:   

 Vagens

Bem longas. O seu plural inglês, drumsticks - baquetas com que se tocam os tambores - é bem elucidativo. Devem ser usadas quando jovens - com a idade tornam-se demasiado fibrosas -, sabem a carne e são usadas em muitos pratos vegetarianos da Índia.

 

 Sementes

Encerradas nas vagens, sabem a amêndoa.

 

 Folhas

Quando novas são óptimas para cozinhados de vegetais e chutnies.

 

 Óleo

Das sementes, extrai-se, por pressão, um óleo muito fino, inodoro, que não rança. É o chamado Óleo Ben, muito apreciado pelos relojoeiros clássicos porque não solidifica. Empregue também como fixador na perfumaria.

Propriedades:   

O Moringueiro tem vastas propriedades medicinais, sendo empregue na medicina Ayurvédica da Índia com os nomes Shigru,Madhu Shigru, Sigra, Shobhaanjana,Haritashaaka. Raktaka,Murangi, Mochaka, Akshiva,Tikshnagandhaa.
Todas as partes da planta são usadas com diferentes finalidades, mas possuem um denominador comum: são cardiotónicas.

Notas:   

A casca da árvore, por incisão, exsuda uma goma resina muito parecida com a Goma Adraganta.

Moringueiro - Vagens

Dicionário

 Sabores da Índia - Home