Sabores da Índia - Home

Sardinha Indiana

Hindu - Eka Prakaara ka Machhali, Eka prakaara ka Mani

As Sardinhas são peixes da família dos Clupeidae, dos géneros Sardina, Sardinops, e Sardinella, que frequentam os oceanos Atlântico, Índico e Pacífico. Vivem em enormes, e densos, cardumes, que migram ao longo das costas e consomem apreciáveis quantidades de plâncton.

São pescadas essencialmente para consumo humano, mas também para a manufactura de farinha de peixe, usada na alimentação animal, e para a extracção de óleo, empregue industrialmente no fabrico de tintas, vernizes, etc..

A Sardinha Indiana, ou Sardinha de Óleo Indiana, Sardinella longiceps (Valenciennes, 1847), que gosta de temperaturas entre os 22 e os 28° C, frequenta a costa sudoeste da Índia, a profundidades entre os 20 e os 200 m, sendo especialmente abundante nos estados de Kerala e Karnataka. Atinge máximos de 23 cm de comprimento, 200 gr de peso, e 3 anos de vida. Forma cardumes, altamente migratórios, nas águas costeiras, alimentando-se de fito plâncton - diatomáceas, em especial -, e pequenos crustáceos. Procria anualmente ao largo da costa ocidental da Índia, durante a monção de sudoeste, quando temperatura e salinidade são baixas. Desova em Agosto - Setembro, e é capturada essencialmente entre Agosto e Dezembro. Vende-se fresca, seca, salgada-seca, fumada, em conserva, formada em koftas.

Com ela aparece uma outra espécie, Sardinella brachysoma (Bleeker, 1852), a Sardinela de Corpo Largo, também nas costas dos estados de Kerala e Karnataka, igualmente capturada entre Agosto e Dezembro, mas comercialmente muito menos importante.

Sardinha Indiana
Cortesia Fish Base / Robbie Cada

Sardinella longiceps (Valenciennes, 1847)
Desenho ampliado

 Sabores da Índia - Home























statistics in vBulletin